Menu Content/Inhalt
Home

Registo






Perdeu a palavra-passe?
Nova Lista Europeia de Resíduos (LER) e características de perigosidade dos resíduos
A Lista Europeia de Resíduos (LER), publicada pela Decisão 2000/532/CE, é alterada pela Decisão 2014/955/EU. Esta decisão é obrigatória e diretamente aplicável pelos Estados Membros a partir de 1 de junho de 2015.
 
Portugal 2020 criar PDF versão para impressão enviar por e-mail

Como sabem estão a ser finalizados os diplomas legais relativos ao novo quadro comunitário PORTUGAL 2020 (2014 / 2020) - Pode ser o último.... Não podemos desperdiçar.....

Como sabem estão a ser finalizados os diplomas legais relativos ao novo quadro comunitário PORTUGAL 2020 (2014 / 2020). Actualmente somente estão abertos concursos relativos à actividade agrícola, mas esperamos que para breve abrirão para as actividades industriais.

 Para serem elegíveis a apoios comunitários terão que estar em cumprimento com a legislação ambiental e de licenciamento industrial.

 A Real Factor tem equipas especializadas para vos apoiar:

 ·          No enquadramento do Projecto do Investimento;

·          Optimização do projecto para melhor adequação às reais necessidades do cliente e majorar a sua avaliação;

·          Cumprimento do licenciamento industrial;

·          Cumprimentos das obrigações ambientais;

·          Elaboração da candidatura ao”QREN”;

·          Acompanhamento da implementação do projecto.

 

 Como é apanágio da nossa empresa, estamos sempre ao dispor para qualquer esclarecimento que julguem oportuno.

 

Portugal 2020

1.       Objectivos Principais

 ü      OT1 Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

ü      OT2 Melhorar o acesso às TIC, bem como a sua utilização e qualidade

ü      OT3 Reforçar a competitividade das PME dos sectores agrícola, das pescas e da aquicultura

ü      OT4 Transitar para uma economia com baixas emissões de carbono em todos os sectores

ü      OT5 Promover a adaptação às alterações climáticas e a prevenção e gestão de riscos

ü      OT6 Proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos

ü      OT7 Promover transportes sustentáveis e eliminar estrangulamentos nas principais redes e infra-estruturas

ü      OT8 Promover o emprego e apoiar a mobilidade laboral

ü      OT9 Promover a inclusão social e combater a pobreza

ü      OT10 Investir no ensino, nas competências e na aprendizagem ao longo da vida 

ü      OT11 Reforçar capacidade institucional e uma administração pública eficiente. 

 

2.       Principais Eixos de actuação

a)      Competitividade e Internacionalização – Apoio sobretudo a PME, com grande semelhança aos anteriores programas QREN – Qualificação e Internacionalização, Inovação e Investigação e Desenvolvimento:

o        Incentivos directos ao investimento empresarial, sobretudo em I&I, qualificação de PME, focalizados em estratégias de internacionalização;

o        Apoios indirectos ao investimento empresarial para capacitação de empresas;

o        Engenharia financeira para financiamento das PME;

o        Apoios à produção e difusão do conhecimento científico e tecnológico e transferência de conhecimento e tecnologia entre empresas, centros de I&D e ensino superior;

o        Formação profissional, vertente inovação e internacionalização;

o        Investimento em infra-estruturas de transportes, especialmente conectividade internacional;

o        Modernização administrativa visando redução custos de contexto. 

b)      Sustentabilidade e Eficiência Recursos:

o        Transição para economia de baixo carbono, associada à eficiência energética e energias renováveis;

o        Prevenção de riscos e adaptação a alterações climáticas;

o        Protecção ambiente e promoção da eficiência de recursos (resíduos, água, biodiversidade, passivos ambientais e ambiente urbano).

 

c)       Inclusão Social e Emprego

o        Promoção do emprego e da inclusão social;

o        Qualificação de activos em competências certificadas para o mercado de trabalho;

o        Transição de inactividade e desemprego e o emprego;

o        Criação líquida de emprego;

o        Intervenções especificas territoriais ou em grupos alvo.

d)      Capital Humano

o        Redução abandono escolar e promoção sucesso educativo;

o        Ofertas formativas profissionais para jovens.

 

3.       Reorganização Territorial

 ü      Zonas de Convergência – Norte, Centro, Alentejo e Açores

ü      Regiões mais desenvolvidas – Lisboa, Madeira e Algarve (em regime de transição)


 

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >